Jardim vertical em edifício na Espanha

Jardim vertical em edifício na Espanha

Muito tem se falado em arquitetura sustentável e com ela vem prédios pensados para um melhor aproveitamento de materiais, novas tecnologias menos agressivas ao ambiente e também soluções que colaborem com o meio. Dessas, podemos destacar a moda dos jardins verticais, que começaram em casas e apartamentos que não possuem muito espaço mas que, gradativamente foram ganhando comércios, muros e, porque não, prédios inteiros.

Esse foi o caso de um edifício em Barcelona, na Espanha, onde um estúdio de arquitetura criou um projeto de um jardim vertical de 21 metros de altura, instalado em uma parede vazia. A parede que acomoda o jardim foi toda feita em estruturas metálicas de aço galvanizado pré-fabricado que acomoda em seu interior escadas e sistemas de polias que auxiliam no acesso às plataformas para cuidados com as plantas. A instalação, segundo os arquitetos do projeto, faz parte de um novo conceito que vem sido adotado na construção civil chamado “vegitecture”, que nada mais é a ideia de trazer a natureza para as construções de grandes centros.

Para a manutenção e irrigação, há sistemas de irrigação por gotejamento e também de drenagem controlada. Já o adubo é administrado em doses programadas, garantindo que a parede esteja sempre verde e também em constante mutação, já que cresce e se desenvolve livremente. A instalação possui ainda proteção acústica e caixas de abrigo para aves. É quase que uma floresta vertical, já que possui diferentes espécies de plantas.

Estudos apontam que instalações desse tipo ajudam muito na redução da poluição das cidades, pois a vegetação auxilia na filtração de poeira, poluição e partículas, recebendo o CO2 (dióxido de carbono) e gerando oxigênio. Para os que residem no edifício, tem ainda o benefício do isolamento térmico e acústico, tornando a vida na selva de pedra mais agradável e claro, mais verde.

Gostou? Sinta-se à vontade para compartilhar, acompanhe nossas publicações

Artigos Relacionados